Obras na “Avenida da Tomadas” vão começar nos próximos dias e durarão nove meses

As obras de requalificação da Avenida General Sarmento Pimentel, em Felgueiras, a mais degradada da cidade, vão começar nos próximos dias e prolongar-se-ão por nove meses, disse hoje à Lusa fonte da autarquia.

O recente visto do Tribunal de Contas vai permitir o arranque dos trabalhos, orçados em cerca de 900 mil euros.

A empreitada evoluirá por fases para minimizar o impacto de terá na circulação rodoviária.

A avenida General Pimentel, também conhecida na cidade como “Avenida das Tomadas”, é uma das mais movimentadas e Felgueiras, por ali passando diariamente milhares de veículos ligeiros e pesados, grande parte dos quais com origem ou em direção à zona industrial de Cabeça de Porca, uma das maiores do concelho.

Constitui também a saída mais importante de Felgueiras em direção a Fafe e à região de Basto.

Segundo a fonte, nas zonas de trabalhos, o trânsito far-se-á de forma alternada em cada sentido da avenida, prevendo-se que a empreitada comece por incidir na zona mais alta da avenida, ao nível das infraestruturas de água e saneamento básico e evoluindo mais tarde para a zona baixa.

 

Iluminação com tecnologia Led 

No âmbito do projeto da obra, proceder-se-á ao levantamento de todos os pavimentos existentes na avenida e à pavimentação da faixa de rodagem em tapete betuminoso e dos passeios, que serão alargados, com calçada à portuguesa.

Avenida Sarmento Pimentel 3

Está também prevista “a retificação pontual da rede de drenagem de águas residuais, incluindo a reparação das caixas de saneamento”. A iluminação passará a contar com tecnologia Led e será introduzida sinalização horizontal e vertical para reduzir a velocidade de circulação dos veículos.

Aquando do lançamento do concurso público, em março, a autarquia assinalava a importância desta intervenção, sobretudo devido ao elevado volume de tráfego da artéria e à degradação do pavimento e dos passeios, prejudicando a segurança de automobilistas e peões.

O pavimento existente tem cerca de duas décadas.