Obras na escola D. Manuel Faria e Sousa arrancarão em breve – Nuno Fonseca

O presidente da Câmara de Felgueiras disse hoje que a remodelação da escola básica D. Manuel Faria e Sousa arrancará “dentro de dias”, estando reunidas as condições para “criar o mínimo de constrangimentos possíveis à comunidade escolar”.

 

Por estes dias já são visíveis nas instalações da escola os primeiros materiais e equipamentos de segurança, nomeadamente vedações, que vão apoiar a execução dos trabalhos e dois pavilhões.

“Não é a melhor altura, seria melhor na paragem letiva, mas temos de iniciar a obra devido aos trâmites legais”, referiu Nuno Fonseca, acrescentado que a vereadora da Educação, Ana Medeiros, reuniu com pais e professores para articular a planificação da obra e a segurança da comunidade escolar.

 

Câmara Municipal de Felgueiras prevê que a intervenção EB D. Manuel Faria e Sousa
Vereadora da Educação na reunião com as partes envolvidas

 

“A vereadora da Educação reuniu com as partes envolvidas, desde os pais à direção da escola, e entendemos que o trabalho seja conjunto para criar o mínimo de constrangimentos possíveis à comunidade escolar”, disse.

Em declarações ao Expresso de Felgueiras, o autarca revelou que a autarquia esteve a aguardar o visto do Tribunal de Contas e agora tem 30 dias para arrancar com a obra.

A intervenção, orçada em 1,75 milhões de euros irá permitir, nomeadamente, a retirada das placas de fibrocimento.

 

OBRAS CONCLUÍDAS ATÉ AO INÍCIO DO PRÓXIMO ANO LETIVO

Nuno Fonseca aponta o início do novo ano letivo para a conclusão das obras.

“Iniciando já a intervenção em dois pavilhões, vai permitir, no início do próximo letivo, estar tudo realizado em termos de obra”, acrescentou.

 

Escola Manuel Faria e Sousa inicio da obras

 

Na reunião com a direção da escola, a associação de pais e a empresa responsável pela intervenção, a vereadora Ana Medeiros realçou a importância de “esclarecer a comunidade educativa e promover a necessária articulação com todos os envolvidos no que toca à planificação da obra e à total clarificação das condições de segurança”.

A execução da empreitada é cofinanciada no âmbito do programa de fundos comunitários Portugal 2020.

 

Escola Manuel Faria e Sousa inicio da obras3