Plano de Desenvolvimento Social envolve redes sociais de 11 municípios da região

O Plano de Desenvolvimento Social (PDS) Supraconcelhio 2020, que foi apresentado em Lousada, envolve as redes sociais dos 11 municípios da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, anunciou hoje fonte da autarquia de Lousada.

A apresentação do plano decorreu durante uma reunião da Plataforma Territorial Supraconcelhia do Tâmega, onde esteve presente o diretor Adjunto da Segurança Social do Centro Distrital do Porto, Ângelo Oliveira.

Citada em comunicado, a vereadora da Ação Social da Câmara de Lousada, Cristina Moreira, destacou que “o documento apresentado é único e surge como junção do trabalho das Redes Sociais de cada um dos 11 municípios e tem a duração de seis anos”.

O Plano de Desenvolvimento Social Supramunicipal é único no país, e tem na sua base, para além do trabalho das Redes Sociais, o Plano de Ação para a Empregabilidade da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (2020).

Os objetivos, adianta ainda o comunicado, passam pelo ordenamento territorial, diagnósticos dos maiores problemas e as soluções apontadas.

O PDS Supramunicipal é resultado do trabalho de 400 atores de todas as áreas, desde a económica, à social, tendo como missão funcionar como um conjunto de linhas orientadoras.

Ângelo Oliveira referiu que “é importante que todos os intervenientes deste projeto tenham a capacidade de conjugar esforços. Apoiar a região nesta missão de implementação do PDS Supramunicipal é, sem dúvida, melhorar as condições da população”.

A Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa é constituída por 11 municípios das sub-regiões do Vale do Sousa, Baixo Tâmega e Douro Sul. Fazem parte da CIM os concelhos de Felgueiras, Lousada, Paços de Ferreira, Penafiel, Castelo de Paiva, Amarante, Baião, Celorico de Basto, Marco de Canaveses, Cinfães e Resende.