Presidente do FC Lagares avisa que clube vai deixar campeonato de Futebol Popular de Felgueiras

O presidente Futebol Clube de Lagares, Rogério Rebelo, disse ao Expresso de Felgueiras que a sua equipa, no próximo ano, vai deixar de competir no futebol popular de Felgueiras e vai integrar o campeonato da Associação de Futebol do Porto.

Na origem da decisão está, afirmou, a “falta de organização” por parte da estrutura que superintende o Campeonato de Futebol Popular de Felgueiras.

“A organização esteve aquém do esperado, acho que nem sequer houve organização”, afirmou, salientando que a decisão de deixar o campeonato já foi ponderada ao nível da direção do clube.

“Sou maltratado em todos os jogos. O Futebol Clube de Lagares não é bem visto neste campeonato”, sublinhou.

O presidente do Futebol Clube de Lagares realçou, por outro lado, não ser normal os clubes não terem acesso aos comunicados semanais com os resultados dos jogos assim como às respetivas sanções disciplinares.

“Ainda não conheço os resultados da semana passada”, avançou, afirmando: “As equipas apenas sabem que ao domingo têm que aparecer aos jogos. O calendário está feito e temos de aparecer. Não existem castigos”, sustentou.

Rogério Rebelo afirmou, por outro lado, não entender as críticas feitas recentemente pelo presidente do Grupo Desportivo de Penacova, Fortunato Costa, quando deu a entender que o Lagares terá utilizado um jogador que estava castigado.

“Daí a minha indignação com o Penacova. É pura mentira. Esse jogador não jogou no jogo que fizemos a meio da semana, apenas foi utilizado no domingo, como é normal”, avisou.

“Dão a entender que o Lagares é que fez com que o Penacova perdesse os três pontos quando foi o Varziela que meteu o protesto”, avançou ainda.