Projeto que visa fomentar a inclusão e desenvolvimento social nos jovens vence OPJ

O projeto Includoteca, que pretende utilizar jogos de tabuleiro para fomentar a inclusão e melhorar o desenvolvimento social dos jovens, foi vencedor do Orçamento Participativo Jovem (OPJ) de Felgueiras.

A proposta obteve 253 votos, em 514 votos válidos.

A proposta foi apresentada por Ana Maia Nunes, Inês Pereira Mendes, Marta Inês Ribeiro Neves, Pedro Emanuel Maia Nunes, Sofia Raquel Baptista Soares e tem como objetivo utilizar os jogos de tabuleiro (boardgames) como ferramenta fulcral na socialização e desenvolvimento de competências psicossociais.

O projeto assenta em três fases principais, com a criação de uma Ludoteca, ou seja, um espaço cultural onde os jovens (desde o 1.º ao 12.º ano) podem socializar e jogar/requisitar jogos de tabuleiro, dinamização de palestras e criar um jogo baseado nos temas do concelho, de maneira a dar a conhecer as principais caraterísticas da região tal como vinicultura, indústria de calçado e produção kiwis.

O projeto vencedor receberá 20.000 euros e será incluído nas Grandes Opções do Plano e Orçamento Municipal de 2019.

Em comunicado, a autarquia realça que foram colocadas a votação 19 propostas cujos resultados podem ser consultados emhttp://opj-cmf.epfelgueiras.pt/