PSD/Felgueiras acusa Nuno Fonseca de “constantes atos de populismo”

"Acredito que os felgueirenses têm maturidade para escolherem o melhor projeto”, observou. | FOTO: Armindo Mendes

O PSD/Felgueiras acusou hoje o presidente da câmara, Nuno Fonseca, de “constantes atos de populismo”, criticando, em concreto, o facto de o autarca ter expressado os seus sentimentos à primeira vítima mortal de Codiv-19 no concelho, “numa página patrocinada de Facebook”.

 

“Neste cenário de trégua político-partidária, perdoem-nos a suspeita sinceridade, mas temos sido confrontados com constantes atos de populismo, cujo cúmulo foi o presidente da Câmara Municipal de Felgueiras expressar os sentimentos a uma família enlutada de vítima por COVID-19 numa página patrocinada no Facebook”, lê-se num comunicado do PSD enviado à nossa redação.

Segundo aquele partido, “não se faz autopromoção da imagem nas redes sociais à custa da morte de um felgueirense”.

O PSD diz não ser ético aquele “comportamento de pré-campanha eleitoral, quando toda a estratégia, tempo e meios têm de estar direcionados para a preservação, no imediato, da saúde pública na comunidade”.

Aquele partido defende que a questão deve ser tratada “sem ideologias, em conjunto, imperando o bom senso e racionalidade sobre as decisões do que é melhor para a nossa comunidade”.

No comunicado assinado pelo presidente da concelhia, Vítor Vasconcelos, o PSD diz haver já uma segunda vítima mortal no concelho e assinala que a doença tem crescido mais em Felgueiras do que em concelhos vizinhos, como Lousada e Guimarães.

 

PSD QUER TESTES EM TODOS OS LARES

 

Defende-se, depois, a necessidade de se avançar com testes à Covid-19 nos funcionários e utentes de lares do concelho, “como já fizeram noutros municípios vizinhos”.

“Temos de controlar seriamente as condições de segurança e higiene nas nossas empresas, alertando a DGS para a particularidade da realidade do trabalho em cadeia das linhas de calçado e da efetiva proximidade dos funcionários”, reclamam ainda os social-democratas.

O PSD reclama o uso diário de máscaras “pelos felgueirenses que circulam na via pública” e que sejam fornecidos, “urgentemente, equipamentos de proteção aos nossos bombeiros voluntários de Felgueiras e da Lixa”.

No comunicado, também se pede que sejam fiscalizados, diariamente, “os fluxos de viaturas no concelho”.

“Ainda hoje constatamos a circulação de dezenas de carrinhas cheias de pessoas a deslocarem-se para trabalho, sem máscaras, luvas e desinfetantes! É que não basta à Polícia Municipal andar a ameaçar com sistemas de som, se não controla no terreno as situações flagrantes de incumprimento”, critica o PSD, concluindo:

“Aproximam-se tempos muito difíceis. Precisamos de uma liderança forte, preventiva e não reativa! Saibam escutar! Nós continuamos preparados para ouvir e ajudar”.