Quarteto Lestus interpreta obras de Mozart e Debussy em Airães

O quarteto Lestus vai estar hoje, pelas 21:00, na Igreja de Santa Maria de Airães, para um concerto que decorrerá no âmbito das Jornadas Europeias do Património, com um reportório baseado em algumas obras de Mozart e Debussy.

Segundo fonte da Junta de Freguesia de Airães, o quarteto Lestus foi fundado no início de 2015, na Escola Superior de Música de Lisboa, no âmbito da disciplina de Música de Câmara, da classe do professor Hugo Assunção.

Já se apresentou em concerto no Auditório Vianna da Motta, em Lisboa, no Auditório Mateus d’Aranda, em Évora, e no Foyer da Escola Superior de Música de Lisboa.

O grupo tem como objetivo apresentar repertório amplo e variado, apresentando obras originais para a formação. O quarteto executa, também, arranjos em que mostra a versatilidade da formação.

O grupo é formado por três dos elementos, Filipa Salazar, Paula Midão e Pedro Silva, já concluíram a licenciatura em trompa, na classe de trompa do professor Paulo Guerreiro, na Escola Superior de Música de Lisboa. O quarto elemento, João Rodrigues, é finalista na classe de trompa.

O grupo vai interpretar temas de W. A. Mozart, Claude Debussy, Eugéne Bozza e James W. Langley.

Também no âmbito das Jornadas Europeias do património, sábado, realiza-se, entre as 14h às 17h, uma visita ao Museu Etnográfico Rancho Folclórico de Santa Luzia de Airães. À noite, pelas 21:30, na Igreja de Santa Maria de Airães, a Associação Cultural e Recreativa Berço das Artes realiza o espetáculo com coro “Audivi Vocem”.

Esta é uma iniciativa comemorativa das Jornadas Europeias do Património/2016 e conta com o apoio do quarteto Lestus, da Paróquia de Santa Maria de Airães e da Câmara Municipal de Felgueiras.

A entrada é livre.