Rali de Portugal com regresso competitivo a Felgueiras (C/VÍDEO)

O Campeonato do Mundial de Ralis (WRC) está de volta à classificativa de Santa Quitéria em Felgueiras, 23 anos depois, com dupla passagem dos concorrentes no domingo, dia 23 de maio, às 07:08 e 10:04.

 

A prova tem autorização pelas autoridades de saúde para a presença de público.

 

Em 1998 vitórias de Colin McRae e Marcus Gronholm

A última vez que o Rali de Portugal visitou o concelho foi na edição de 1998 com duas passagens pela classificativa de Santa Quitéria (Felgueiras) e uma pela classificativa do Seixoso (Lixa). Em 1998 as vitórias nas passagens por Santa Quitéria foram partilhadas por Marcus Gronholm em Toyota Corolla WRC e Colin McRae em Subaru Impreza WRC. Aliás, Colin McRae foi o vencedor do Rali de Portugal nesse ano, seguido pelo espanhol Carlos Sainz em Toyota Corolla WRC que venceu a classificativa do Seixoso.

Agora, em 2021, os protagonistas são outros, os carros utilizados recorrem a outras tecnologias, em provas com formato diferente, mas com grande competitividade e listas de inscritos muito recheadas. No entanto, um dos concorrentes que voltará a percorrer a classificativa de Santa Quitéria ao cronómetro é o felgueirense Carlos Magalhães. Se em 1998 navegou Miguel Campos em Mitsubishi Carisma GT ao 21.º lugar da geral, 5.º melhor português e 3.º no Grupo N (carros do agrupamento de Produção), agora volta a correr em casa na equipa Team Hyundai Portugal com Bruno Magalhães no Hyundai i20 R5, enquanto aguardam com “ansiedade e expectativa” a chegada do novo Hyundai i20 Rally 2.

 

Expectativas de Carlos Magalhães no “regresso a casa”

As expectativas do experiente navegador felgueirense Carlos Magalhães para o Rali de Portugal são chegar o mais à frente possível na 1.ª etapa que é pontuável para o Campeonato de Portugal de Ralis e completar os 3 dias de prova. Relativamente ao regresso a Santa Quitéria disse-nos que correr em casa “é sempre emocionante, numa classificativa que gosto muito, que tem os seus truques, que escorrega muito, e que eu conheço de cor, mas que estará sempre diferente quando lá passarmos”.

 

 

 

Autorizada a presença de público de forma controlada

A classificativa de Santa Quitéria volta a fazer parte do itinerário do Rali de Portugal, na 3.ª e última etapa da prova que tem autorização para a presença de público., No entanto no parecer da Direção Geral de Saúde é referido que  “a organização deve encetar todos os esforços para evitar e dissuadir a presença de público, de forma não controlada”, e que o Plano de Contingência apresentado pela organização do Rali de Portugal contempla “medidas mitigadoras do risco, considerando zonas específicas para acesso ao público, controladas por membros da organização e forças de segurança”.

 

Hélder Quintela