Rali de Portugal terá presença de público

O Rali de Portugal, a disputar de 21 a 23 de maio, prova pontuável para o Campeonato do Mundo de Ralis (WRC), com várias classificativas disputadas na região terá a presença de público.

 

A confirmação da autorização, para que exista público nas classificativas que integram o itinerário do Rali de Portugal, surgiu hoje através de Lacerda Sales, Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, durante uma visita a Fafe. Em declarações à imprensa, Lacerda Sales referiu que a Direção-Geral da Saúde de acordo com “a informação que tenho é que deu um parecer favorável para o Rali de Portugal”, apelando ” à consciência individual e coletiva, para que cumpram as diretrizes da DGS para que o rali se possa concretizar nas medidas de segurança ditadas pelas autoridades de saúde”.

Relativamente às provas que integram o Campeonato do Mundo de Ralis, o controlo da localização do público presente é bastante restrito, pois é apenas autorizada a sua presença nas Zonas Espetáculo definidas pela organização, não sendo permitido público fora dessas zonas, o que facilita o controlo de acessos e o seu comportamento.

Depois de no ano de 2020 o Rali de Portugal ter sido cancelado devido à pandemia por covid-19, a disputa da edição deste ano está a gerar grandes expectativas ao nível de concorrentes inscritos e de competitividade.

No itinerário do Rali de Portugal fazem parte várias classificativas da região: Super-Especial na Pista Costilha em Lousada no dia 21 de maio; Amarante, Vieira do Minho e Cabeceiras de Basto no sábado dia 22 de maio; e Felgueiras/Santa Quitéria, Fafe/Montim e Fafe/Lameirinha no domingo dia 23 de maio.

 

Hélder Quintela