Rally Serras de Fafe e Felgueiras abre época de ralis em 2022

O Rally Serras de Fafe e Felgueiras, que será disputado de 11 a 13 de março, é a primeira prova dos Campeonatos Europeu (ERC) e de Portugal (CPR) de Ralis, não sofrendo alterações em termos de itinerário e programa, mas voltando a ser disputado no início do ano.

 

Segundo a organização, a cargo da Demoporto, para esta edição comemorativa dos 35 anos da prova a aposta é na continuidade da fórmula de sucesso adotada na edição da prova no ano passado.

O centro nevrálgico do rali mantém-se na cidade de Fafe, e a componente competitiva estará concentrada nos dias de sábado (12 de março) e domingo (13 de março), nas classificativas dos concelhos de Fafe, Felgueiras, Vieira do Minho e Boticas.

Desta forma, os pilotos nacionais e internacionais disputarão as classificativas de Santa Quitéria (Felgueiras) e do Seixoso (Lixa) no concelho de Felgueiras, em dupla passagem no segundo dia de prova, domingo,13 de março, durante a manhã.

Em 2022 o Rally Serras de Fafe e Felgueiras comemora 35 anos, voltando a percorrer as classificativas de terra desta região que no ano passado mereceram elogios por parte dos participantes no rali, na primeira vez em que fez parte do Campeonato Europeu de ralis, e que contou com a participação de pilotos de nomeada entre os quais o espanhol Dani Sordo.

Apesar de condições meteorológicas adversas no primeiro dia de rali, com muita chuva e nevoeiro, a prova foi muito competitiva e emotiva, sendo que o norueguês Andreas Mikkelsen (Skoda Fabia Rally2 Evo) venceu o Rally Serras de Fafe e Felgueiras à geral, enquanto Armindo Araújo (Skoda Fabia Rally2 Evo) impôs-se entre os pilotos portugueses.

 

Hélder Quintela