Rali Serras de Fafe e Felgueiras no Europeu de Ralis em 2021

O Rali Serras de Fafe e Felgueiras vai abrir a temporada de 2021 do Campeonato Europeu de Ralis, entre os dias 12 e 14 de março.

 

Num calendário oficializado na quinta-feira, que também prevê a realização da 55.ª edição do Rali dos Açores como a segunda etapa do Europeu entre os dias 25 e 27 de março, será em pisos de terra que Fafe e Felgueiras receberão a elite europeia, num itinerário completamente diferente do que acolheu os pilotos na edição deste ano do Rali Fafe Montelongo.

Outra das particularidades do calendário residiu na tentativa de agrupar as provas consoante a sua proximidade geográfica, fazendo com que os ralis que se enquadrem nesta situação se realizem num período de tempo relativamente curto. Dessa forma, o Serras de Fafe e Felgueiras e o Rali dos Açores terão lugar consecutivamente no mês de março, da mesma forma que, entre os dias 18 e 20 de junho, o Rali da Polónia antecederá a realização, entre os dias 1 e 3 de julho, do vizinho Rali da Letónia.

Para o coordenador da FIA, Jean-Baptiste Ley, esta forma de organização do calendário tem como finalidade reduzir custos, num contexto em que a preocupação com questões sanitárias ainda estará presente. “Para assegurar a continuidade do sucesso do Europeu, é essencial levar a cabo todos os esforços possíveis para reduzir custos aos participantes, através da criação de medidas práticas que tornem vantajosa a concretização deste objetivo. Neste sentido, o calendário para 2021 foi concebido a pensar na rentabilidade e acessibilidade que queremos que as provas tenham”, referiu, aludindo à forma como os eventos foram estruturados, conforme se explicou em cima, e reiterando que é expectável que os desafios organizativos colocados pela pandemia se mantenham, pelo que assegura que serão seguidas todas as restrições e recomendações das autoridades locais, para que a segurança dos intervenientes seja respeitada.

De referir que a edição deste ano ainda decorre, e o russo Alexey Lukyanuk, que venceu o Rali Fafe Montelongo, é o primeiro classificado com 116 pontos, seguido do sueco Oliver Solberg com 89, e do luxemburguês Grégoire Munster, com 83 pontos.

Gonçalo Novais