Rali Vinho Madeira: Carlos Magalhães venceu, Adruzilo desistiu

A dupla da equipa Hyundai Portugal composta por Bruno e Carlos Magalhães venceu a classificação do Campeonato de Portugal de Ralis no Rali Vinho Madeira e encurtou a distância para o líder do campeonato que continua a ser Armindo Araújo em Skoda Fabia Rally2 Evo.

 

O piloto felgueirense Adruzilo Lopes, que participou pela 18.ª vez nesta prova insular, não foi feliz tendo desistido no primeiro dia devido a um problema mecânico no Fiat Grande Punto R3D.

António Costa, copiloto amarantino de Miguel Correia em Skoda Fabia R5 Evo, tive uma prova difícil com falta de ritmo para acompanharem o andamento dos mais rápidos, e terminaram no nono lugar da geral e sexto do Campeonato de Portugal.

Tal como se antevia a prova madeirense foi muito emotiva, com condições de estrada agravadas pela chuva no primeiro dia e só na última classificativa foi encontrado o vencedor à geral, quando Miguel Nunes que liderou a classificação desde os primeiros quilómetros teve um despiste que o levou à desistência e entregando a vitória do rali a Alexandre Camanho.

O felgueirense Carlos Magalhães, copiloto de Bruno Magalhães no Hyundai i20 R5, terminou na segunda posição da geral, sendo os primeiros do Campeonato de Portugal de Ralis. Com esta vitória a equipa da Hyundai venceu pela terceira vez consecutiva a classificação dos concorrentes do nacional de ralis na Madeira e reacendeu a luta pelo título nacional.

Para Bruno Magalhães este foi um “rali espetacular”.

“Cumprimos, integralmente, todos os objetivos: vitória no CPR e pódio na classificação geral. Não foi um rali nada fácil. Tivemos algumas escolhas difíceis ao nível de pneus que nem sempre foram as melhores, mas mantivemos sempre a toada ofensiva, atacámos bastante”, acrescentou.

Entre os concorrentes do CPR o segundo lugar foi ocupado pela dupla José Pedro Fontes/Inês Ponte (Citroen C3 R5) e o terceiro foi de Bernardo Sousa/Victor Calado (Skoda Fabia R5).

O Campeonato de Portugal de Ralis prossegue no Alto Tâmega de 03 a 05 de setembro com a disputa do Rali da Água – CIM Alto Tâmega, prova que antecede o Rali Serras de Fafe e Felgueiras no início de outubro e que é pontuável para o Campeonato Europeu de Ralis.

 

Hélder Quintela