Rota do Românico atribui selos de qualidade a 50 entidades de turismo da região

A Rota do Românico vai entregar, na segunda-feira, os primeiros “Selos de Qualidade” a cerca de meia centena de entidades ligadas à atividade turística do seu território de influência, constituído por 12 municípios, nos vales do Sousa, Douro e Tâmega.

A cerimónia de entrega está agendada para as 16:30, no Centro Interpretativo da Vinha e do Vinho, situado no Mosteiro de Santo André de Ancede (Baião), monumento que integra a Rota do Românico.

Nesta cerimónia serão atribuídos os “Selos de Qualidade” aos empreendimentos turísticos, aos estabelecimentos de restauração e bebidas e aos produtores e comerciantes de produtos locais que apresentaram a sua candidatura durante a primeira fase deste projeto.

O processo de seleção e de avaliação dos candidatos esteve a cargo de um comité constituído por representantes de diversas entidades.

A atribuição deste reconhecimento prende-se com o objetivo da Rota do Românico de contribuir para a qualidade uniforme dos produtos e serviços prestados aos turistas e visitantes da região, refere a Rota em comunicado.

O Sistema de Valorização dos Produtos e Serviços Turísticos da Rota do Românico, de adesão opcional e gratuita, tem como objetivo contribuir não só para a criação de uma imagem de prestígio e de qualidade do produto e serviço em si, mas também para a qualificação da oferta turística do território da Rota do Românico, aumentando a sua atratividade e visibilidade, bem como a cooperação entre os agentes económicos e institucionais.

A segunda fase de candidatura ao “Selo de Qualidade” da Rota do Românico vai decorrer nos próximos meses de maio e junho.