Sandra Felgueiras distinguida como uma das mais influentes mulheres de 2020

Sandra Felgueiras - foto portal Executiva

A apresentadora de televisão felgueirense Sandra Felgueiras foi distinguida como uma das 25 mulheres mais influentes de Portugal, no âmbito da sexta edição de um prémio que visa reconhecer as mulheres que mais se evidenciaram no país, em 2020.

 

A cerimónia da entrega das distinções, no âmbito do prémio “As Mulheres Mais Influentes de Portugal” realizado pelo portal Executiva, decorreu na terça-feira, adiantou fonte da organização.

A coordenadora do programa de investigação da RTP “Sexta às 9” recebeu a distinção, pela segunda vez, pelo seu trabalho como jornalista, acrescenta.

Na sua intervenção, Sandra Felgueiras defendeu que fazem falta “jornalista influentes” em Portugal e que gostaria de ver a lista de distinguidas “engrossada”, no futuro, com mais profissionais do ramo.

“Seria, sem dúvida, prova de uma boa saúde democrática, porque não há democracia sem liberdade de imprensa e não há liberdade de imprensa sem jornalistas livres”, acrescentou.

Na área da comunicação, a atriz Rita Pereira, a blogger Ana Rite Pereira e a apresentadora Júlia Pinheiro (Radio Renascença e SIC) foram igualmente distinguidas.

A Ministra da Saúde, Marta Temido, foi reconhecida como a mulher mais influente de 2020.

A cerimónia contou com a presença da secretária de Estado Para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro.