Secretário de Estado elogia Festival do Pão-de-ló de Felgueiras

O secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, elogiou hoje a sétima edição do Festival do Pão-de-ló de Felgueiras, sobretudo por ser um certame que promove as tradições e dinamiza a economia do concelho.
“O pão-de-ló está ligado à cultura e memória de Felgueiras”, frisou na sessão da abertura, esta tarde, nos claustros do Mosteiro de Pombeiro.
Para o ex-autarca de Baião, a economia local e regional, através do micro e pequenos empresários, é uma demonstração da vitalidade do território nos planos dos saberes tradicionais, contribuindo para o fortalecimento da economia nacional.

Inácio Pão de Ló

Na abertura do certame, o presidente Inácio Ribeiro destacou a importância do festival para a economia local, em especial para o setor dos doces tradicionais.

Inácio Pão de Ló 4

O autarca de Felgueiras agradeceu a presença do cônsul de Moçambique no Porto, destacando a ligação histórica do concelho aquele país africano de língua portuguesa. Também evidenciou a presença dos presidentes de câmara de Amarante e Famalicão e do vice-presidente da entidade regional de turismo.

Um momento de recriação das tradições de Felgueiras, na receção aos convidados
Um momento de recriação das tradições de Felgueiras, na receção aos convidados

No evento, que decorre nos claustros do mosteiro, estão cerca de 40 expositores, 37 dos quais comerciantes de doces tradicionais de vários pontos do país.

Inácio Pão de Ló 2
Depois de percorrer os expositores, acompanhado de vários vereadores, Inácio Ribeiro disse aos jornalistas esperar que mais de 20.000 pessoas visitem o certame e eu os negócios correspondam às expetativas dos empresários.

Inácio Pão de Ló 3