TAÇA PORTUGAL: Amarante e Felgueiras defrontam equipas açorianas na 3ª eliminatória

 

Os quatro clubes da região já conhecem os respetivos adversários na 3ª eliminatória da Taça de Portugal em futebol, cujo sorteio decorreu na quinta-feira, na Cidade do Futebol, em Oeiras.

Apenas o Amarante jogará na condição de visitado. Felgueiras, Freamunde e Paços de Ferreira terão de atuar fora de portas.

Os amarantinos recebem o Ideal, equipa da Ribeira Grande, da ilha de São Miguel. Os açorianos ocupam o 13º lugar da série E do Campeonato de Portugal Prio (CPP).

A formação alvinegra eliminou o Varzim da 2ª Liga na eliminatória anterior. Pedro Pinto alerta, por isso, que nenhum adversário dever ser “subestimado e que a equipa terá de estar na máxima força para conseguir seguir em frente.

No entanto, o treinador do Amarante reconhece que jogar intramuros “é muito importante”.

“Queremos aproveitar o jogo em casa com um adversário do mesmo campeonato. Não queremos facilitar de modo algum. Queremos que esta jornada da Taça seja um bom dia para nós e que seja possível estar presente na quarta eliminatória”, vincou.

O Felgueiras tem de deslocar-se aos Açores para medir forças com o Operário da Lagoa, 9º classificado da série E do CPP.

O técnico azul grená não ficou agradado com o sorteio, lembrando que o adversário tem um terreno de jogo de “dimensões reduzidas e com relvado artificial”.

Horácio Gonçalves lamenta ainda a longa viagem a que a equipa felgueirense será sujeita. Por isso, “espera um jogo difícil”, sublinha.

O Freamunde também vai fora de portas, no caso a Ílhavo, para defrontar o Gafanha da Nazaré, 4º classificado da série C do CPP.

Um adversário conhecido do treinador dos ‘capões’, Micael Sequeira, que garante que “o sorteio não foi nada simpático”.

“É uma equipa muito complicada, que eu conheço bem, que defrontei o ano passado. Tem um plantel recheado de excelentes jogadores. Fizeram uma enorme aposta este ano. Mas vamos preparar bem o jogo e procurar passar a eliminatória, apesar de termos a noção que tivemos pouca sorte no sorteio”, lamenta.

A 3ª eliminatória já conta com a presença dos clubes da 1ª Liga. O Paços de Ferreira entra, por isso, em cena, tendo de deslocar-se a Coimbra para defrontar a Académica da 2ª Liga.

As partidas da terceira ronda da Taça de Portugal, que renderá aos clubes participantes um prémio monetário de quatro mil euros, disputam-se a 15 de outubro.

 

Luís Miguel Nogueira