Transporte público rodoviário do Tâmega e Sousa passa a ter assinatura combinada com o Andante

Os utilizadores das linhas inter-regionais de transporte público rodoviário de passageiros entre a área geográfica da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa) e a Área Metropolitana do Porto (AMP) já têm ao dispor uma assinatura combinada entre o Passe CIM Tâmega e Sousa e a Assinatura Andante Metropolitano, da AMP, anunciou fonte da CIM.

 

A assinatura permite uma nova redução no preço dos passes nos transportes públicos.

Trata-se do Passe/Assinatura AMP/CIM Tâmega e Sousa e, à semelhança do que já sucede no transporte ferroviário, vai permitir viajar não só na rede rodoviária do Tâmega e Sousa, mas também na rede intermodal Andante, que serve a AMP.

A assinatura combinada AMP/CIM Tâmega e Sousa tem um custo máximo de 50 euros, montante igual ao praticado na assinatura combinada AMP (Andante)/CP CIM do Tâmega e Sousa, pelo que, também no transporte rodoviário, os residentes no Tâmega e Sousa e aqueles que, embora não residam, mas trabalham na região, passam a pagar menos pelo respetivo passe mensal.

A par da redução tarifária implementada pela CIM do Tâmega e Sousa nestes dois passes, aplicam-se os habituais descontos nos títulos destinados a estudantes 4_18 e sub23 (40 euros) e a estudantes 4_18 e sub23, beneficiários do escalão A da ação social escolar (26 euros).

Desde 2019, a CIM do Tâmega e Sousa disponibiliza aos utilizadores do transporte público rodoviário o Passe CIM do Tâmega e Sousa e o Passe CP CIM Tâmega e Sousa aos utilizadores do transporte público ferroviário.

O Passe CIM do Tâmega e Sousa divide-se em três modalidades: urbano, municipal e intermunicipal/inter-regional. Relativamente ao Passe CP CIM Tâmega e Sousa, este divide-se em duas modalidades: serviço regional, com assinatura monomodal, e serviço urbano, com assinatura monomodal e assinatura combinada Andante + CP CIM do Tâmega e Sousa.

O Passe/Assinatura AMP/CIM Tâmega e Sousa é uma das medidas de apoio à redução tarifária nos transportes públicos coletivos do Programa de Apoio à Redução Tarifária do Tâmega e Sousa, sendo cofinanciado pelo Ministério do Ambiente e Ação Climática, através do Fundo Ambiental.