Vento e chuva forte provocam queda de árvores e inundações no Tâmega e Sousa

Durante o dia de hoje, os Bombeiros de Amarante, Celorico de Basto, Marco de Canaveses e Vila Meã registaram várias ocorrências, sobretudo quedas de árvores

 

O vento forte que se fez sentir hoje no Norte do país provocou a queda de árvores em várias localidades do Tâmega e Sousa, tendo uma árvore atingido um veículo, em Felgueiras, disse ao Tâmegasousa.pt fonte dos bombeiros.

Durante o dia de hoje, os Bombeiros de Amarante, Celorico de Basto, Marco de Canaveses e Vila Meã registaram várias ocorrências, sobretudo quedas de árvores.

No caso de Felgueiras, a árvore atingiu um veículo ligeiro que estava estacionado junto à igreja matriz, no centro da cidade.

De acordo com os bombeiros locais, o incidente provocou danos no veículo, que se encontrava desocupado.

Em Amarante, houve também registo de uma inundação.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou hoje sob aviso vermelho os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto e Vila Real.

De acordo com um comunicado do IPMA, o agravamento das condições para os próximos dias, especialmente para hoje, deve-se à passagem de uma depressão centrada hoje a norte dos Açores.

A Autoridade Nacional de Proteção Civil alertou, por sua vez, para “um agravamento excecional” das condições meteorológicas no Norte e Centro nos próximos três dias, com chuva forte, ondas até quatro metros e vento com rajadas até 130 quilómetros/hora.