VÍDEO: “À Conversa com…” Parcídio Summavielle: “Os ralis são o maior veículo promocional de Fafe”

O Campeonato do Mundo de Ralis (WRC) comemorará na próxima edição do Rali de Portugal (19-22 de maio) 50 anos de existência. No calendário do WRC existem provas míticas (como Monte Carlo, Finlândia e Portugal), que integram classificativas desafiantes e extraordinárias como as que existem em Fafe, reconhecida como “Catedral dos Ralis”.

 

 

A classificativa da Lameirinha, com os dois saltos e a passagem no asfalto do Confurco, é um dos palcos dos ralis mais reconhecidos a nível internacional. O pluri-campeão de ralis Sébastien Loeb (que estará à partida do Rali de Portugal ao volante de um Ford Puma Rally1) escolheu a Lameirinha como o palco perfeito para a Power-Stage do seu rali ideal.

Em entrevista ao TâmegaSousa.pt Parcídio Summavielle, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Fafe, recordou a história da criação dos vários traçados nas serras de Fafe, principalmente na zona norte do concelho, e assegurou que “em circunstância alguma iremos asfaltar Montim, Luilhas ou a Lameirinha”.

O município de Fafe é palco incontornável do Rali de Portugal, mas ao longo do ano é também o centro nevrálgico de outras provas, como o Rali Serras de Fafe-Felgueiras-Cabreira-Boticas que nos últimos anos integrou o Campeonato Europeu de Ralis (ERC).

Além da competição a autarquia criou condições para que algumas das classificativas existentes sejam utilizadas regularmente para testes de equipas e pilotos nacionais e estrangeiros, o que segundo Parcídio Summavielle “permite rentabilizar financeiramente estas infra-estruturas e assegurar a dinamização da economia local ao longo do ano e não apenas durante a realização das provas”.

Nesta entrevista Parcídio Summavielle evidenciou a importância dos ralis para o concelho ao assumir que são “o maior veículo promocional de Fafe”.

A ligação de Fafe aos ralis está também representada desde 2021 no Museu do Rali, um espaço único a nível nacional, onde é possível admirar carros, pilotos e provas marcantes, de diferentes tempos e gerações, dinamizado pelo Clube Automóvel de Fafe e que conta com um protocolo de parceria com a Câmara Municipal.

O Museu do Rali está instalado no Edifício Grupo Nun’Àlvares e pode ser visitado de terça a sexta entre as 15h00 e as 18h00 e ao fim de semana entre as 15h00 e as 19h00.

Hélder Quintela