VÍDEO: Cooperativa Terras de Felgueiras: “os agricultores confiam no nosso crescimento”

A Cooperativa Agrícola de Felgueiras, agora Terras de Felgueiras, fundada em 1957 por determinação do ministro da Economia Ulisses Cortês, tem vindo a ter um crescimento sustentado com reforço das infraestruturas e aumento da produção, nomeadamente de vinho e kiwi.

 

Em entrevista ao Tâmegasousa.pt | Expresso de Felgueiras,  Casimiro Alves, presidente da Direção, referiu que atualmente a Cooperativa de Felgueiras “vende cerca de 12 milhões de euros, sendo o 2.º operador a comercializar vinho verde, e alterna entre o 1.º e 2.º lugar em termos de adegas cooperativas na Região dos Vinhos Verdes”.

Esta associação agrícola com sede em Felgueiras conta com mais de quatro mil associados na região do Tâmega e Sousa, com um perfil que tem evoluído ao longo dos anos em termos de culturas mas também no aumento da área média por viticultor e kiwicultor.

 

 

 

Segundo Rui Pinto, membro da Direção com responsabilidades a nível técnico, a estratégia “nos últimos 10 anos tem como pilares de produção a viticultura e kiwicultura”, o que permitiu à Cooperativa Terras de Felgueiras triplicar a produção de kiwi e chegar aos seis milhões de litros de vinho verde, com perspetivas de crescimento de acordo com o seu plano estratégico.

Para os próximos anos está previsto investimento na modernização da adega, e na capacidade de armazenamento de kiwi.

Com mais de 60 anos de vida, na Cooperativa de Felgueiras sente-se a tradição e a modernidade, orgulho no passado com estratégia para o futuro, para a valorização da produção agrícola dos seus associados.

 

Hélder Quintela