VÍDEO: Mercadona abriu em Felgueiras com muitas novidades para os clientes

A cadeia espanhola de supermercados Mercadona inaugurou, na quinta-feira, o seu 27º supermercado em Felgueiras no âmbito de um plano para abrir mais nove lojas em Portugal, até ao final de 2021.

 

A nova superfície comercial, localizada perto do Estádio Municipal de Felgueiras, criou 65 postos de trabalho com contratos sem termo e conta com uma área de vendas de 1.900 metros quadrados.

A loja tem dois postos de carregamento de veículos elétricos e 150 lugares de estacionamento.

Em declarações ao Expresso de Felgueiras, a diretora regional de relações externas do Porto, Joana Ribeiro, afirmou que a empresa está satisfeita com a resposta dos consumidores de Felgueiras, no dia da inauguração.

“Estamos muitos satisfeitos com a recetividade da população nesta que é a 27ª loja em Portugal”, explica, adiantando que a Mercadona vai abrir mais dois supermercados, ainda este ano.

A responsável sublinhou as qualidades do modelo de loja, “muito espaçosa” com várias secções, nomeadamente uma área de pronto a comer, onde os clientes podem escolher entre 41 pratos e consumir na própria loja, num espaço reservado para o efeito.

Joana Ribeiro destacou ainda que a nova superfície comercial é 40% mais eficiente no consumo de energia do que no modelo tradicional, aproveitando a luz natural, por exemplo, e o uso de vidros duplos.

A responsável destacou, ainda, a estratégia da empresa na redução de uso de plástico, com a implementação de várias ações que vai desenvolver até ao ano 2025.

“Os sacos disponibilizados, que antigamente eram de plástico, foram substituídos por outros de materiais compostáveis”, exemplifica, acrescentando que a empresa usa materiais recicláveis em várias seções e caixas reutilizáveis que são disponibilizadas aos fornecedores.

“No fundo, eliminamos os plásticos que são desnecessários”, acrescenta.

No âmbito da política de responsabilidade social e empresarial, a empresa vai doar, diariamente, bens de primeira necessidade à Casa do Povo da Lixa.

“Cada loja nossa tem uma instituição de referência e de proximidade que vem recolher, diariamente, produtos alimentares e não alimentares”, explica.

As políticas de empregabilidade da empresa também são destacadas pela responsável, que sublinha os contratos de trabalho sem termo e que, no âmbito da política de evolução salarial, os funcionários recebem um aumento de 11%, anualmente.

“Para conciliar a vida pessoal e laboral, contratamos colaboradores que vivam próximo das nossas lojas”, concluiu.